sábado, 15 de novembro de 2008

Bons amigos


Sábado lindo, meus amigos aqui comigo, o Flu mandando bala, camarão na moranga, cerveja gelada, melhor só se as crianças estivessem aqui, mas não se pode querer tudo.
Nessa segunda fase Niteroiense, nunca tinha recebido ninguém aqui em casa que não fosse família.
Hoje não foi diferente. Esse grupo está tão junto que já virou família. Nem imaginava que pudesse aos 47 anos do segundo tempo, conviver com pessoas tão especiais assim.
E pela segunda vez, pude provar do camarão na moranga do Longarino, uma especiaria para poucos.

É verdade que temos estado muito juntos e sintonizados, mas essa gente excede e vai me deixando cada vez mais distante da sensação de estar só.
Tive que sofrer um pouco com o Fluminense, mas enfim, acabou tudo muito bem. O time fez o seu trabalho e agora é esperar.
Lindo sábado! Que venham outros!
.........................................................................
Terminei a noite vendo 100 escovadas antes de dormir. Exceto pela participação de Geraldine Chaplin, o filme italiano é mais um clássico da pornografia vulgar e da psicologia de boteco.

Nenhum comentário:

Não sei o que meu corpo habita nessas noites quentes de verão

Fui a Baltimore. Um dos motivos extraordinários foi conhecer a Barnes e Noble de lá. Que decepção! Parece mais uma Saraiva compungida...