segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Saldos do final de semana

Minha mãe sofreu um acidente e fraturou o rádio. A fratura dispersou meu fim de semana em Miracema. Voltei à Casa de Saúde onde trabalhei uma vida inteira. Nada mudou. Até as enfermeiras continuam lá, mais encarquilhadas, como eu. Madalena, Elzinha, Tunico, são da época que eu dava plantão duas vezes por semana e continuam segurando o bonde do plantão noturno. Até os clientes parecem ser os mesmos que também já passaram por mim. A Casa parece ter estacionado no tempo. Como tudo por aqui.
...............................................................................................
Luisa comemorou antecipado seu aniversário do dia 27, promovendo um halloween na casa da mãe dela só para menores. Na sexta de noite fiquei só com Chicó. Cada vez nos entendemos melhor.
................................................................................................
Voltei ontem a tempo de ver um Fluminense apático perder para o Cruzeiro no Mineirão.

Nenhum comentário:

Fragmentos

"Eurico Alves, poeta baiano, Salpicado de orvalho, leite cru e tenro cocô de cabrito. Sinto muito, mas não posso ir a Feira de...